Minha lista de blogs

Total de visualizações de página

Páginas

sábado, 29 de janeiro de 2011

Mais uma blog na área

Espalhaffottos para vocês

Passando ppor aqui para avisar aos meus fíéis seguidores que agora vocês têm mais um blog para se deliciar. A turma que gosta de fargotofia vai amar. É uma parceria entre o fotógrafo capixaba Robson Barros Torres e essa blogueira convicta que vos posta!!! Passem lá e espalhem ffottos por aí. O belo agradece! espalhaffottos.blogspot.com










   

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Novidades no ar!!!

Mais um Blog para vocês

Nada como uma boa parceria e uma amizade muito antiga e sólida para fazer surgir um monte de idéias criativas. Daqui a pouco meus queridos seguidores terão, além do Espalhaffatto, outro blog interessante com a marca Sandra Regina Balbino. Dessa vez é uma parceria com o fotógrafo capixaba Robson Barros Torres. Ele oferece sua sensibilidade, através de imagens fantásticas de cidades do Espírito Santo, flagrantes belissimos, natureza exauberante, cliks urbanos - enfim, tudo o que faz bem aos olhos. E eu  entro com pequenos textos. Muitos dos locais conheço por ter vivido  no Espírito Santo e mantido minhas raízes lá, apesar da distância. Por isso posso falar sobre eles. Esperamos, com isso, poder oferecer a todos um hino ao belo!  

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Espalhaffatto Cores & Luz

Quero luz e cores na minha vida!!!!!!!!!!!!!

Passada a piração da cegueira - devidamente administrada a poder de muita terapia e trabalhos com a cerâmica - estou na fase "luzes coloridas". Explico; depois de muito tempo totalmente adepta de cores sóbrias (preto, cinza, marrom, bege, etc) agora só quero muitas cores. No guarda-roupa, na casa, em tudo. Aos poucos estou recolorindo as modas, a vida, me permitindo coisas as quais havia esquecido.
É ai que entra o trabalho fotográfico de Robinho. É a festa colorida!!!!!!! Acho que ele cruza o meu caminho, mais uma vez, na hora certa. E, assim como acontece com a irma dele, Viviane, nós nem precisamos estar próximos fisicamente para nos entendermos.


Por conta disso presenteio meus seguidores com belas imagens produzidas por Robson Barros Torres. Vou começar  com fotos de uma praia capixaba de nome engraçado: Carapebus. O lugar é lindo... Vejam... 


 

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Mais do melhor em imagens by Robson Barros Torres

Natureza by Robson Barros Torres


Um pouco mais da sensibilidade de Robson para vocês. Depois não esqueçam de comentar e espalhar os ffattos por ai!!! 






Assunto não falta, mas hoje quero um Espalhaffatto totalmente Cult

Ensaio fotográfico by Robson Barros Torres

Sei que assunto para postar não falta e minha caixa de mensagens está lotada - para  variar e graçar a Deus. Dia que tem pouca coisa o email preferencial para onde desaguam grande parte das informações que levo aos blogueiros (sandrabalbinorj@yahoo.com.br) bate a casa dos 350
e-mails por dia - graças a vocês.
Entretanto, hoje, quero postar sobre coisa mais amena, mais cult. Acho que é efeito do sol (de rachar, mesmo para quem mora perto da praia). Pode ser a onda de saudosismo que veio junto com o verão. Os bons tempos em Jacaraípe, Santa Cruz, Nova Almeida.... A consciência de algumas coisas,  a notada ausência de outras tantas.
Por conta disso vou postar fotos de um grande amigo - infelizmente fisicamente distante, mas de presença emocional constante. Digo isso porque não nos vemos desde os meus 16 anos. E só nos reencontramos em 2009 através da Internet. Na verdade ele é o irmão da minha melhor amiga Viviane na época em que eu morava em Vitória (ES). Junto com Viviane veio a família Torres toda. Pessoas que amo de paixão.
Foi com Robinho que aprendi a ler Nelson Rodrigues aos 16 anos -  "O Casamento" foi o meu livro de estréia no universo rodrigueano. Depois, já distante dele vieram os demais livros, peças e publicações rodrigueanas. É de Robinho uma das frases que mais gosto de pronunciar: "Amigos insinceros são piores que sinceros inimigos".
Agora conheço um outro lado desse amigo: o de fotógrafo!!!!!!!!!! Por conta disso vou postar alguns dos trabalhos realizados por ele. Podem se deliciar com a sensibilidade dos seus imensos olhos verdes. Enquanto Robinho dá seus cliques aqui e ali, eu escrevo movida pela eterna paixão de viver. Essa real possibilidade de extravasar a minha sensibilidade nem a perda da visão me faz abandonar. "Cada um na sua, com alguma coisa em comum".   

       


sábado, 22 de janeiro de 2011

Eu sei com Dado tocando By Sorys

Wave, de João Gilberto By Sorys

Nada por mim By Sorys

Bilhete By Sorys

O que me importa, de Cury Heluy by Sorys

Evidências - Uma observação: ela é jornalista, funcionária pública e futura advogada, por enquanto ...

Coisas que só Sorys faz... - Tenho uma amiga multi mil. Vejam do que ela é capaz. Baby can I hold you, da Tracy Chapman

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Acessibilidade Já!!!

Ministério Público e IBDD pedem a execução de multa de R$ 5 bilhões pelo não cumprimento de sentença para adaptação de prédios públicos no Rio de Janeiro

Essa é muito boa e diz respeito toda a sociedade (deficientes ou não). O Ministério Público Federal, o Ministério Público Estadual e o IBDD deram entrada na última quinta-feira, 13 de janeiro, junto à Justiça Federal, em petição pedindo a execução da multa de R$ 5,016 bilhões contra a União, o Estado e o Município pelo não cumprimento da sentença da juíza da 6ª Vara Federal, Regina Coeli Formisano, que determinou que todos os prédios públicos do Rio de Janeiro sejam acessíveis às pessoas com deficiência.

O valor da multa se refere a 26 prédios da União, 533 do Estado e 1.393 do Município que, segundo o relatório dos próprios administradores entregue à Justiça, não estão acessíveis às pessoas com deficiência. O cálculo do valor da multa foi feito com base na sentença da juíza Regina Coeli que determinou, em abril de 2009, que todos os prédios públicos do Rio de Janeiro fossem adaptados no prazo de 1 ano, sob pena de multa diária de R$ 10 mil por prédio não acessível.
Em maio de 2010, o IBDD pediu a execução da multa e a juíza Regina Coeli determinou que a União, o Estado e o Município apresentassem relatórios mostrando a situação dos prédios públicos em relação ao cumprimento da sentença. Com base neles, o Ministério Público solicitou aos técnicos do Crea que avaliassem a lista para saber o que de fato foi adaptado.
A sentença da Justiça Federal obrigando que os prédios públicos sejam adaptados atende a uma Ação Civil Pública impetrada pelo IBDD em junho de 2007. Na ACP, o Instituto solicitou o cumprimento do decreto federal 5.296, de 2004, que estabeleceu que os prédios públicos em todo o Brasil deveriam ter acessibilidade a partir de 3 de junho de 2007. “O direito de ir e vir é básico para toda democracia. O que queremos é que a Justiça garanta esse direito às pessoas com deficiência”, afirma a superintendente do IBDD, Teresa Costa d’Amaral.



quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Segurados de sete municípios do RJ terão benefício depositado dia 25 de janeiro

Segurados de sete municípios do RJ terão benefício depositado dia 25 de janeiro

O benefício de todos os aposentados, pensionistas e demais segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem ou residem em qualquer um dos sete municípios do Rio de Janeiro, com estado de calamidade pública reconhecido pelo governo federal, será depositado  terça-feira, dia 25. O crédito será automático. Não é preciso ir à Agência da Previdência Social.

A medida anunciada pelo ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, e pelo presidente do INSS, Mauro Hauschild, ontem, contemplará 145 mil beneficiários. Serão pagos R$ 114 milhões.
Diante da capacidade de atendimento das agências bancárias da região, algumas afetadas pelos desastres naturais que atingiram o Rio de Janeiro, e para dar mais conforto aos segurados, o INSS e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) sugerem que o resgate daqueles que optarem por sacar na boca do caixa seja feito, preferencialmente.

Ainda sobre as chuvas na Região Serrana do Rio

Já aconteceram tragédias maiores

Por favor não esqueçam. A tragédia na Região Serrana do Rio é imensa, mas não a maior. O alerta veio através de informação do amigo J.C. Cardoso, jornalista antenado e responsável pelo conteúdo do site do Monitor Mercantil. Segundo ele uma outra aconteceu há 44 anos e ninguém conta.
Fiquem atentos ao subirem para São Paulo, na altura da Serra das Araras. Reparem, do lado direito, beirando o rio, um guard-rail lá embaixo, acompanhando a estrada...

A matéria sobre o assunto foi publicada
no site do jornal Diário do Vale. Aí vai link:
http://diariodovale.uol.com.br/noticias/4,34343.html#axzz1B7tUX2BO


Aí vai a matéria:

DESLIZAMENTO


Maior tragédia do Brasil foi na Serra das Araras
(Publicado em 14/1/2011, às 19h43)

Aurélio Paiva

Uma cruz de 10 metros na subida da Serra das Araras (Piraí-RJ), no local conhecido por Ponte Coberta, marca o início de um enorme cemitério construído pela natureza. Lá estão cerca de 1.400 mortos (fora os mais de 300 corpos resgatados) vítimas de soterramento pelo temporal que atingiu a serra em janeiro de 1967. Foi a maior tragédia da história do país, superando o número de mortos da atual tragédia na Região Serrana d o Estado do Rio d e Ja neiro, hoje acima de 500.
No episódio da Serra das Araras, suas encostas praticamente se dissolveram em um diâmetro de 30 quilômetros. Rios de lama desceram a serra levando abaixo ônibus, caminhões e carros. A maioria dos veículos jamais foi encontrada. Uma ponte foi carregada pela avalanche. A Via Dutra ficou interditada por mais de três meses, nos dois sentidos.
A Revista Brasileira de Geografia Física publicou, em julho do ano passado, a lista das maiores catástrofes por deslizamento de terras ocorridos no país. O episódio da Serra das Araras, com seus 1700 mortos estimados, supera de longe qualquer outro acidente do gênero no país.
Para se ter uma idéia do que ocorreu na Serra das Araras basta comparar os índices pluviométricos. A atual tragédia de Teresópolis ocorreu após um volume de chuvas de 140mm em 24 horas. Na Serra das Araras, em 1967, o volume de chuvas chegou a 275 mm em apenas três h oras. Quase o dobro de água em um oitavo do tempo.
Mas o episódio da Serra das Araras parece ter sido apagado da memória do país e, especialmente, da imprensa. O noticiário dos veículos de comunicação enfatiza que a tragédia da Região Serrana do Rio superou o desastre de Caraguatatuba em março de 1967 (ver abaixo). O caso da Serra das Araras, ocorrido em janeiro daquele mesmo ano, sequer é citado.
Até a ONU embarcou na história e colocou a tragédia atual entre os dez maiores deslizamentos de terras do mundo nos últimos 111 anos.

Caraguatatuba

O ano de 1967 foi realmente atípico. Em março, dois meses após a tragédia da Serra das Araras, outro desastre atingiu Caraguatatuba, no litoral paulista. Chovia quase todos os dias desde o início do ano (541mm só em janeiro, o dobro do normal). Do dia 17 para 18 de março, um temporal produziu quase 200 mm de chuvas em um solo já encharcado. No início da tarde de 18 d e março, sábado, a tr agédia aconteceu sob intenso temporal que chegou a acumular 580mm de chuvas em dois dias (Teresópolis teve 366mm em 12 dias).
Segundos os relatos da época, houve uma avalanche de lama, pedras, milhares de árvores inteiras e troncos que desceu das encostas da Serra do Mar, destruindo casas, ruas, estradas e até uma ponte. Cerca de 400 casas sumiram debaixo da lama. Mais de 3 mil pessoas ficaram desabrigadas (20% da população da época). O número de mortos - cerca de 400 - foi feito por estimativa, pois a maioria dos corpos foi soterrada ou arrastada para o mar.
Detalhe: Caraguatatuba, em 1967, era um balneário turístico de 15 mil habitantes. Dá para imaginar quais seriam as consequências se aquela tragédia ocorresse hoje, com os atuais 100 mil habitantes.
"Vimos mortos nas árvores, braços na lama"
Bárbara Osório-MacLaren nasceu na Alemanha em janeiro de 1939. Tendo sobrevivido à II Guerra M undial, veio para o Brasi l com a família em 1950, quando tinha 11 anos, atendendo a um chamado do avô materno, que já vivia no país.
Foi morar em São Paulo, na Tijuca Paulista, fez Admissão no Externato Pedro Dolle e, quando jovem, estudou no Ginásio Salete. Frequentava o Clube Floresta: "Nos encontrávamos (com os amigos) para nadar ou praticar outro esporte", relembra.
Em 1961, mudou-se para a Inglaterra. Seis anos depois, aos 28 anos de idade, voltou ao Brasil para rever os amigos.
Já no Rio de Janeiro, em 22 de janeiro de 1967, às 23 horas, tomou um ônibus da Viação Cometa com destino a São Paulo. Um temporal desabou na Via Dutra, que acabara de ser duplicada. Nunca, naquela região, se havia visto ou iria se ver uma chuva tão forte quanto aquela que presenciava a jovem alemã e que ela relata a seguir:
- Dentro de 40 minutos, na Via Dutra, houve um temporal. O nosso ônibus já estava na subida, mas a estrada se abriu a nossa frente. Lá ficamos a té a manhã do dia seguinte. Pela rádio ouvimos os gritos de pessoas em outros carros, estavam sufocando na lama.
Bárbara dá detalhes: "Pela manhã, descemos o morro a pé, vimos mortos nas arvores, braços na lama, as reportagens nos jornais falavam de mais de 400 mortos. Eu desmaiei no transporte de caminhão desta cena ao Centro do Rio. Quando acordei do coma ou desmaio, estava em Lisboa, Portugal. Em outras palavras, em vez de me levarem a um hospital no Rio, me despacharam para a Europa".
A experiência da jovem alemã, hoje com 72 anos, foi contada há dois anos em um depoimento ao site "São Paulo Minha Cidade" e dá a dimensão do que ocorreu na Serra das Araras em 1967.
Mas seu depoimento, 42 anos após a tragédia, é uma raridade. Há poucas histórias registradas sobre os acontecimentos da época, por duas razões: carência de boa cobertura jornalística, em virtude dos parcos recursos tecnológic os da imprensa no períod o, e o fato de que o episódio foi tão trágico que poucos sobreviveram para testemunhá-lo.
Outra das poucas histórias que sobreviveram também envolve um cidadão estrangeiro. É a história do motorista do ônibus prefixo 529 da Viação Cometa, que salvou a vida de quase todos os passageiros. O motorista, quando vislumbrou a tragédia que poderia se suceder, pediu que todos deixassem o ônibus, mas um estrangeiro recusou-se à deixar o veículo. Poucos minutos depois, uma rocha rolou e caiu sobre o ônibus, matando o estrangeiro.

Advogado lembra trabalho de presos

O advogado Affonso José Soares, de Volta Redonda, que morava em Piraí na época da tragédia, lembrou que, na madrugada da tragédia na Serra das Araras, trabalhava em um habeas corpus para a libertação de sete presos. Eles haviam sido detidos, em flagrante, cerca de dois meses antes, praticando um jogo ilegal de aposta conhecido como "Jogo da Bi quinha". Durante a madru gada, percebeu o barulho do estrondo, mas continuou o trabalho com o auxílio de um lampião, já que a cidade ficou às escuras por causa dos deslizamentos na serra.
- Estava trabalhando no meu escritório e escutei o estrondo por volta de uma ou duas horas da manhã. Estava trabalhando intensamente em um habeas corpus para sete presos que estavam na cadeia de Piraí e, quando as luzes se apagaram, tive que usar um lampião durante a madrugada toda - lembrou.
Na manhã seguinte, segundo ele, o município foi "invadido" por passageiros do Rio de Janeiro e de São Paulo, que ficaram impossibilitados de passar pela serra devido aos desmoronamentos e crateras.
- Foi uma ocorrência de acidente muito grave. Os ônibus de São Paulo e carros do Rio entravam em Piraí e não tinham como seguir viagem. O comércio foi praticamente invadido por passageiros. A tromba d'água tinha destruído praticamente todo o acesso. Na Ser ra das Araras, havia cra teras en ormes. Demoraram quatro ou cinco meses para restabelecer a situação - lembrou.
Antes do meio dia, no dia da tragédia, o advogado lembra que foi procurado pelo delegado que pediu sua ajuda para convencer os presidiários a colaborarem no resgate das vítimas.
- O contingente da delegacia era de cinco pessoas, entre policiais militares e civis e havia necessidade imediata de pessoas para realizar o trabalho de prestar socorro às vítimas presas nas crateras. O delegado acrescentou que os presos depositavam confiança em mim e me respeitavam e que eu poderia convencê-los a ajudar - continuou.
Ao dirigir-se àquele que seria o "líder" dos presos, Affonso recordou que frisou a oportunidade de os presos mostrarem humanidade e solidariedade.
- Falei que eles estavam tendo uma oportunidade de prestar um serviço público e demonstrar espírito solidário. Mesmo assim, lembrei que se esboçassem qual quer reação de rebeldia poderiam ter sérios problemas, porque eu tinha material suficiente para incriminá-los. Eles aceitaram e pediram para dizer que estavam nas mãos do delegado - acrescentou o advogado.
Os sete presos fizeram o trabalham mais pesado do salvamento: foram amarrados por cordas e descidos até o local em que estavam às vítimas. Além de auxiliar no salvamento e nos primeiros socorros aos sobreviventes, apanhavam corpos e os traziam abraçados.
"Eles eram fortes e fizeram um trabalho que ninguém queria fazer. Trabalharam por 48 horas e voltaram à delegacia para ajudar na parte burocrática", frisou Affonso.
Dias depois, por intermédio de um escrivão piraiense que vinha de São Paulo, Affonso descobriu que o trabalho executado pelos presos havia ido parar na primeira página do Jornal da Tarde com o título "Os sete homens bons". Sem pestanejar, anexou à reportagem ao processo que estava organizando.
- Apanhei a primeira página do Jornal d a Tarde e juntei ao habeas corpus e tenho certeza que isso contribuiu para obter a liberação deles. Eles demonstraram seu lado humano, o de quem não é só criminoso, bandido - explicou.

Chuvas na Região Serrana do Rio

Ajuda a quem? Para doar não precisa anunciar aos quatro ventos - é só fazer!!!!! 

Sobre as chuvas, tornados, etc, que vem atingindo o Estado do Rio de Janeiro nesse início de ano, prefiro tecer comentários no Blog Impacto Ambiental. Sobre detalhes - as entrelinhas da tragédia - faço a seguinte observação: louvo toda e qualquer iniciativa no sentido de socorrer os desabrigados da tragédia na Região Serrana do Rio de Janeiro.
Anônimos estão fazendo isso de forma maravilhosa!!!!! mas uma outra parcela da população está aproveitando a chance para literalmente aparecer. E nesse grupo estão políticos e empresários que aproveitam o momento para descolar uma mídia gratuita?

"Empresa X doa para vitimas da Região Serrana"

"Deputado Y faz campanha em prol das vítimas da Região Serrana"

Vamos com calma, gente!!! Reconstruir, sim. Se aproveitar da Reconstrução, jamais!!!

É pá e pow!!!!!!!!!!!!!

Bateu, levou!!!!

Eu tinha a certeza de que o governador de São Paulo não iria permitir que um subordinado seu, fosse em que esfera fosse, e sob qualquer circunstâncias, agredisse um deficiente. Gostei de saber que o delegado acusado de agredir um cadeirante num estacionamento no interior de São Paulo foi afastado do cargo.
O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Antonio Ferreira Pinto, determinou no fim da tarde de hoje o afastamento do delegado titular do 6º Distrito Policial de São José dos Campos, Damasio Marino. Ele deixa o cargo depois da agressão a um cadeirante na última segunda-feira, no Centro de São José, no Vale do Paraíba, interior de São Paulo.
Isso é pouco .Espécies como esta devem ser afastados do convívio social. Não animais besta-feras. Dever ser deportados para o mais distante planeta não habitado  - que é para não prejudicar quem quer que seja.
Em nota, a secretaria informou ainda que a Corregedoria da Polícia Civil instaurou procedimento administrativo para apurar a denúncia da agressão. Marino pode responder por lesão corporal dolosa.
E tenho dito!
  

De olho no barulho!!!!!!!!!!!

Silêncio, por favor!!!!!!!!!

Recebi um material muito legal da vereadora carioca Andrea Gouvêa Vieira (PSDB). No final do texto - sobre desordem urbana  - a parlamentar dá o pulo do gato para quem se sentir incomodado com o barulho que uns e outros fazem por aí sem se importar com o ouvido alheio.
A vereadora cita três bairros onde o bicho pega: Gávea, Jardim Botãnico e Leblon. A sacada fiica na seguinte parte do texto.
"...é a Prefeitura quem autoriza a realização dos eventos. Portanto, tais autorizações não podem ser concedidas indiscriminadamente, nem se basear em critérios subjetivos, como a quantidade de incomodados. Há leis e posturas que devem ser respeitadas. Segundo o Código de Posturas do Município, compete à Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização da Secretaria de Ordem Pública a autorização e a fiscalização da realização de eventos em clubes. Os níveis de ruído são estabelecidos por lei municipal de 2001, variando em cada zona da cidade, e compete à Secretaria de Meio Ambiente medi-los.

Nos casos de constatação de desrespeito à autorização concedida e/ou aos níveis de ruído estabelecidos em cada zona, a punição varia de advertências, multas e até a cassação do alvará. Compete à SEOP e em última instância ao prefeito, fazer cumprir a lei.
Qualquer cidadão pode solicitar à SEOP a cassação do alvará, independente de medições de níveis de ruído, desde que as atividades do estabelecimento estejam causando incômodo ou ponham em risco seu sossego".


Gostei da iniciativa, vereadora!!!! Agora faça isso em relação aos demais bairros do município do Rio de Janeiro. Afinal, não creio que a esculhambação sonora esteja restrita a esses três bairros!


Já imaginou o quanto sofrem com barulho excessivo os
moradores de Ramos, Penha, Olaria, Bangu, Padre Miguel, Recreio, Tijuca, etc.? Adorei sua iniciativa, vereadora. Agora manda seus assessores trabalharem isso para o resto da cidade, ok.






    

A boa do Espalhaffatto

Batalha de Rua vai agitar a garotada no Centro de Duque de Caxias


A Baixada Fluminense vai sediar um grande evento de rua voltado para o público jovem. O "Batalha de Rua - Caxias DC King" está programado para acontecer nos dias 29 e 30 de janeiro, no Centro Cultural Oscar Niemeyer, Centro de Duque de Caxias e vai contar com atrações internacionais. A programação está sendo acertada e será divulgada posteriormente.
O evento, no dia 29, vai utilizar o palco “boca para fora”, voltado para o público externo e, no dia 30, será no palco interno do Teatro Municipal Raul Cortez. O evento, gratuito, é realizado pelo Grupo Urbanus, com patrocínio da Prefeitura de Duque de Caxias, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

“O objetivo da iniciativa é divulgar os movimentos populares que afloram na cidade como Hip-Hop e Street Dance, de forma a incentivar os jovens da cidade a mostrar seus talentos”, diz o Secretário Gutemberg Cardoso. Segundo ele, baseado na construção para o conhecimento da cultura do mundo e excepcionalmente de nossa cidade, é que organizamos o evento, “fruto das manifestações artísticas e populares dos jovens de nossa cidade, que buscam através da arte um encontro com a consciência étnica e a cidadania”.
Um pouco de história: O Hip-Hop surgiu na década de 70 nos subúrbios negros de Nova York, onde a pobreza, a violência, o racismo, o trafico e a falta de educação estimulavam a formação de gangs, delimitando os seus territórios de atuação criando regras para a imposição do domínio do mesmo. Neste contexto, nasciam diferentes manifestações artísticas de rua: música, dança, poesia e pintura. Os movimentos populares são oriundos de expressões artísticas de rua. A partir dessas manifestações, criaram-se as chamadas “batalhas de rua”, formas não violentas de confronto entre vários grupos. As batalhas consistem em uma competição artística de duelos entre MC’s. O objetivo é propiciar ao público uma “luta” pacífica, nascida do hip-hop, composta por quatro elementos originais: DJ (o homem que fornece as batidas para o MC rimar); MC (mestre-de-cerimônias, o rapper), B boy (quem dança break dance ou faz b-boying), e Grafitte, um gênero de expressão artística do hip-hop. Um quinto elemento foi adicionado: o Conhecimento – Consciência, fundamental para sobrevivência e sucesso do movimento, segundo os profissionais envolvidos com esse segmento de cultura urbana. Fiquem atentos a dica é boa.







Cadeirante é agredido por reclamar sobre vaga de estacionamento!!

Pais da Impunidade ....Isso me revolta!!!!!!!!!!!!!

Definitivamente o delegado Damasio Marino, que não é deficiente, deveria estar atrás das grades. O nome disso que vemos a toda hora é impunidade. Foi por isso que quase fui atropelada por uma motocicleta que trafegava numa ciclovia do Recreio dos Bandeirantes, semana passada!!!!!!!!!!!!
Sabem porque tais fatos ocorrem? Porque esse é o pais da impunidade. 
Esse delegado pensa que é? É tão somente um delegado e e como tal, deveria agir em nome da lei e não contra ela. Dizer que "estava com a noiva grávida de quatro meses passando mal" é balela!
Um delegado desses fica legal em foto deitada na capa de jornal!!!!!!!!!  

  

Depois da chuvarada ... sol de verão!!!!

Feriado, Rio 40 graus - saudades das férias em Jacaraípe

Depois da chuvarada e da falta de luz da semana passada, retorno ao PC - melhor dizendo ao Espalhaffatto - Os dias no Rio de Janeiro têm sido assim: de dia, muito sol - para quem pode passar o tempo na praia é tudo de bom. arap quem tem que trabalhar - e ainda dizem que eu não ralo!!!!!!!!!! Imagina. Numa lua dessa  e eu vou para o Centro do Rio.
As noites, quase invariavelmente, são de pancadas de chuva. Em algumas áreas caem com mais força do que em outras. Foi assim na Região Serrana do Estado. Mas isso é assunto para o blog Impacto Ambiental.
O verão me traz saudades dos bons tempos de férias em Jacaraípe!!!

Quem conhece ama!!! Dá uma espiada na imagem ao lado. Veja se não é a réplíca do paraíso.  
Vou postar algumas imagens que a-do-ro.
As minhas preferidas - de verdade - estão no album de fotos da família, perdidas em algum lugar do passado.
Como não dá para fugir para Jacaraípe, vou vivendo no Recreio. 

domingo, 16 de janeiro de 2011

Saída Estratégica

Mamãe sabe o que diz!!!!!!!!!!

A pedidos de Many - ela é malcriada e teimosa, mas  sabe o que diz - vou dar uma parada no PC. A coisa está feia e já chove no Recreio.

Nuvens negras confirmam chuvarada

Nuvens negras confirmam chuvarada

Não são apenas as trovoadas roncando que prenunciam chuva. Nuvens negras já apontaram no céu do Recreio. Queira Deus que não venha com mais desastres naturais. Sobre isso falo mais  daqui a pouco no blog Impacto Ambiental impactusambiental.blogspot.com. Fiquem de olho!!!!!!!!!!!!   

Chuvas e trovoadas

Vem chuvarada por aí!!!!!!!!!!!!

Se as trovoadas qure roncam pelas bandas de Campo Grande - e podem ser ouvidas daqui do Recreio  -mantiverem a previsão dos metereologistas e também dos olheiros de plantão - teremos fortes chuvas no final da tarde - ou até antes disso. Que nossas galerias pluviais estejam preparadas

Espalhaffatto Serviço

Lansa realiza manutenções na Linha Amarela

Começou hoje a manutenção do asfalto e a recuperação da sinalização na pista de sentido Fundão, da Linha Amarela, no acesso da Cidade de Deus, pela Estrada do Gabinal, que será interditado das 7h às 17h. Os motoristas deverão acessar a via pelo acesso 1B, na Avenida Geremário Dantas. Em caso de chuva, a obra será adiada.
Também estão programadas para hoje intervenções nos três túneis da via na pista sentido Fundão, na altura de Jacarepaguá. O tráfego será desviado para faixas reversíveis das 22h às 5h que funcionarão entre a altura da Avenida Geremário Dantas e a Praça do Pedágio.
Amanhã a Lamsa fará a manutenção nos túneis da pista sentido Fundão, das 22h às 5h30. Para a realização das obras, o acesso 1A (estrada Pau Ferro) e o acesso 1B (Av. Geremário Dantas) serão fechados. O motorista poderá utilizar o acesso 1, em Jacarepaguá ou através da estrada do Gabinal.
Informações sobre as condições de tráfego podem ser obtidas através do 0800 024 2355.



Solidariedade Já!!!!!!!!

Faça já a sua doação para as vítimas da tragédia na Região Serrana do Rio

Doar é muito mais do que dar!!!! Se você ainda não ofereceu nada de seu aos que perderam tudo nas chuvas que atingiram a Região Serrana do Rio de Janeiro, o faça agora!!!!!!! Se não quizer dar nada material, doa sangue. Sou doadora desde os 21 anos. Esse é um dos meus maiores orgulhos. o como o meu sangue é do tipo O positivo  posso doar  para todos os que precisam. Faça isso você também: doe sangue. As vítimas da tragédia na Região Serrana do Estado aguardam.
Para doar é simples: basta ir ao Hemorio.  O HEMORIO localiza-se na Rua Frei Caneca, 8, Centro - Rio de Janeiro. Horário de funcionamento: todos os dias de semana, de 7 às 18 horas, inclusive finais de semana e feriados.
A doação de sangue não é complicada e a reposição imediata. O organismo repõe o volume de sangue doado no mesmo dia. É importante beber bastante líquido (suco, água).


 

Depois do susto com a motocicleta na ciclovia, pronta para recomeçar!!!!!!!!!!

Voltando a ativa depois do susto!!!!

Depois do susto com a motocicleta na ciclovia do Recreio, acho que já posso voltar ao PC sem mêdo. Qualquer coisa, se voltar a sentir dor na musculatura do pescoço, faço o de sempre nesses casos: Alginac 5000 na veia! Um santo remédio.  Vamos que vamos, temos muita coisa a postar! A novidade fica por conta do Blog da Rio-Arquiffatto, que será reativado. (Mais um blog com a qualidade Sandra Regina Balbino).

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Ainda sem poder digitar direito por conta da moto na ciclovia

Ainda a moto na ciclovia

Quem acompanha o Espalhaffatto deve estar estranhando não me ver por aqui. Aliás nem tenho aparecido na Rede. Ainda consequência da inconsequência do louco da moto na ciclovia na última segunda-feira. Resultado!!!! Apesar de não ter tido nenhuma lesão aparente, o meu lado esquerdo tomou um baita susto e travou. Em outras palavras não consigo me virar direito e quando digito a dor é chata - em especial nos dedinhos. Haja Algimac 5000. Também não tenho podido das atenção ao blog Impacto Ambiental. Mas estou acompanhando tudo em relação a tragédia na Região Serrana do Rio de Janeiro. 
Semana que vem recompenso vocês!!!!! Os amigos que me mandam material através do email sandrabalbinorj@yahoo.com.br são maravilhosos: em quatro dias a caixa chegou a 875 e-mails. Muita coisa legal para postar, mas só a partir da segunda-feira.
Enquanto isso não deixem de me visitar nos blogs: espalhaffattos.blogspot.com e impactusambiental.blogspot.com.

Bjks para todos
  

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Ainda irritada com a moto na ciclovia

Demais posts amanhã,  sem falta!!!!!!!!!!

Caros esplhaffattosos. Meu email bomba de notícias - é o do sempre - sandrabalbinorj@yahoo.com.br. Entretanto ainda estou muito irritada com os últimos acontecimentos para postar qualquer coisa. Amanhã, prometo tem mais. Bjks 

Espalhaffatto - Notícia a qualquer hora: Muito Indignada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Moto numa ...

Espalhaffatto - Notícia a qualquer hora: Muito Indignada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Moto numa ...: "Moto numa ciclovia do Recreio!!!!! E pode????? Estou muito indignada!!!!!!!!!!!! Esse é o termo mais 'educado' para o tamanho da ..."

Muito Indignada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Moto numa ciclovia do Recreio!!!!! E pode?????

Moto numa ciclovia do Recreio!!!!! E pode?????

Estou muito indignada!!!!!!!!!!!! Esse é o termo mais "educado" para o tamanho da minha raiva. Desde que perdi a visão, tento, dentro do que é possível numa cidade como o Rio de Janeiro, manter-me em segurança e evitar transtornos. De que forma faço isso? Sempre que estou na rua me valho da bengala longa, também conhecida como bengala branca. Porque faço isso? Não é para ofender ou agredir quem quer que seja com a minha "cegueira". Muito menos para "posar de coitada'. Faço isso para sinalizar a motoristas e pedestres que por ali passa alguém com algum tipo de deficiência visual - no meu caso cega da vista direita e com baixa visão na esquerda.
Nada disso me atrapalha ou me faz menos feliz. O que me deixa indignada é a cara de pau das pessoas de achar que nada vejo e, por isso, podem fazer o que quizerem. Errou quem pensou isso!
Esse "lerê" todo é para reclamar - emlhor dizendo espinafrar - o motorista de uma moto Honda BIZ, pilotada por um lunático  que me esbarrou na ciclovia do Recreio, a meio metro da porta de casa. Detalhe:  o "santo" estava em uma motocicleta numa ciclovia.
Fiquei tão indignada que nem conversei: fui atrás. A figura estava com uma camisa do Vasco e estacionou no pátio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer do Município do Rio de Janeiro.
Na SMEL fui atendida por um "segurança" - até bem educado - de uma empresa de vigilância que presta serviços para a prefeitura. Expliquei o caso e mostrei a moto - que´, aliás, estava com os canos de descarga ainda fervendo.
O rapaz, solicito, me disse que "não havia mais ninguém com quem eu pudesse falar", já que o horário de trabalho se encerrava às 18 horas e passava uopco das 19 horas.
Mais uma vez solicito, o "segurança" chamou o "autor da proeza". 
Para os meus padrões fui até mmmuuuiiiitttooo educada - quem me conhece bem sabe disso. A justificativa do infame foi não ter me visto. Fui obrigada a lembrar a ele - e em casa descobri que se chama Mário - que quem usa bengala sou eu - que eu estava no canto da ciclovia para não atrapalhar ninguém e ele com um veículo automotor. Verifica aí se pode, turma do Detran!!!!!!!!!!
Por falar em Detran, confirmei a placa Moto Honda BIZ, preta, placa LQK 0356. Nem uma multa. Mas andar na ciclovia, pode!!!!!!!
Ah!!!! Detalhe. Além de dizer que não me viu - como se eu fosse do tamanho de uma formiga - o santo afirmou ter feito a bandalha porque estava atrasado para dar aula da SMEL, além disso ia correr riscos se não viesse pela ciclovia com a moto!!!!
Legal!!!!!!!!!!! Ele pode "não correr riscos" e eu tenho que correr o risco de ser atropelada!
O cara deu azar!!!! Vou mandar para o prefeito, para o secretário, para a assessoria de imprensa do órgão e demais coleguinhas que eu encontrar no meu mailling (que não é pequeno). Estou fazendo a minha parte - um tremendo Espalhattaffo. O Poder Público que faça a dele!!!!  
         

domingo, 9 de janeiro de 2011

Tralha invade Botequim na Barra

DJ faz a festa no São Nunca

Quem esteve ontem no botequim São Nunca, na Barra da Tijuca, aproveitou todas. É que estava por lá o DJ Tralha movimentando as picapes na região. A festa começou às 22 horas e varou a madrigada na Taj Longe. Tralha usou seu CDJ para anumar a noite com três versões do ritmo: o tttigo, o atual e o melody. Nos intervalos muito Hip-Hop e House. Que não compareceu .... só lamento, perdeu!!!!!! Quando tiver outra do Tralha o Espalhaffatto avisa. Fiquem de olho! 

Eduardo Paes inaugura Academia da Terceira Idade em Jacarepaguá

Prefeito do Rio transforma cidade em canteiro de obras visando eventos esportivos

O prefeito Eduardo Paes e a secretária Especial de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida, Cristiane Brasil, inauguraram hoje a Academia da Terceira Idade da Praça Seca, em Jacarepaguá.

A Secretária Cristiane Brasil destacou o apoio do prefeito ao projeto das ATIs, anunciando a construção de mais 40 unidades nos diversos bairros do município do Rio.
- O importante foi que o prefeito, desde o início do nosso trabalho na secretaria acreditou no projeto, que vem beneficiando os idosos da cidade, que é a parcela da população que mais cresce no Rio. Afinal, o Rio é a capital da Terceira Idade. – disse Cristiane Brasil.
Já o prefeito Eduardo Paes destacou a prevenção da saúde proporcionada pela prática esportiva desenvolvida no projeto. Segundo ele, o trabalho feito por professores de educação física (da Sesqv) junto aos idosos usuários das ATIs, proporciona qualidade de vida, com a diminuição da incidência de doenças comuns à terceira idade.
- A prática esportiva tem reflexo inclusive no sistema de saúde pública, pois, com a melhora do condicionamento físico e mental, diminui a procura dos idosos por hospitais e postos de saúde, proporcionando, com isto, economia nos gastos públicos com este setor. – destacou Paes.
A Secretaria de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida inaugura, amanhã, às 09 hs, a Academia da Terceira Idade de Bangu, na Praça do Aviador, na esquina das Ruas do Magistrado e Matemático com as Avenidas do Funcionário e Catequista.

Curso de Marketing Digital no IGEC



Curso de Marketing Digital no IGEC

Começou ontem (sábado) o curso de Marketing Digital do IGEC - Instituto de Gestão e Comunicação. Quem perdeu a primeira aula ainda pode  pegar o "bonde". Os professores são de primeira linha. Os melhores do mercado. Imperdível!!!!!!! Vale a pena deixar o sábado de praia para lá e cair na onda do Marketing Digital. 

O curso tem como objetivo mostrar aos participantes como utilizar os diversos meios on-line para vender, interagir com seus clientes e parceiros, divulgar sua marca, produtos e serviços; ensinar a fazer um planejamento de Marketing Digital para turbinar os resultados da sua empresa e Mensurar os resultados de divulgação na internet para melhorar o desempenho de campanhas.
Estão aptos a participar do curso Todos os profissionais que desejam usufruir do poder do mundo digital.
Para mais informações sobre o curso e inscrições acesse www.igec.com.br.

Para gringo entender!!!!!

Melhor não falar nada, senão complica!!!

Essa recebi do amigo e parceiro de muitos trabalhos Henrique Esteves. Não tem como deixar de postar. É um daqueles casos em que a imagem diz tudo!!!! Vou colocar também em forma de link.

Vamos malhar!!!!!

Mais academias para a turma da melhor idade

A Secretaria Especial de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida (SESQV) inaugurou hoje e amanhã mais duas Academias da Terceira Idade (ATI). Os novos equipamentos estarão à disposição dos cariocas com mais de 60 anos nos bairros de Jacarepaguá e Bangu. A academia de Jacarepaguá, que será inaugurada no domingo (09/01), funcionará na confluência das ruas Candido Benício, Barão e Baronesa, na Praça Seca. Amanhã será a vez da ATI de Bangu, que funcionará na Praça do Aviador, localizada na esquina das Ruas do Magistrado e Matemático com as Avenidas do Funcionário e Catequista.
Cada ATI é composta por 10 módulos de aparelhos, permitindo a prática de atividades físicas que atendem diretamente à necessidade dos idosos, trabalhando de forma conjunta exercícios de força e flexibilidade. Além disso, a seqüência de exercícios ajuda desenvolver, também, a capacidade aeróbica do praticante. Aulas supervisionadas por professores de educação física acontecem em todas as unidades, de segunda à sexta, das 7h às 10h e das 16h às 19h.
Além destas, a SESQV mantém outras oito ATIs em funcionamento na cidade, nos bairros de Copacabana, Leme, Flamengo, Cavalcanti, Anchieta, Penha, Ilha do Governador e Bangu.
Galera dos cabelos brancos, vamos malhar!!!!!!!!!!!!

Motéis aquecem a relação e a economia

Donos de motéis faturam alto em 2010

Essa informação é interessante. Recebi da jornalista Cíntia Brand, da Carioca Comunicação e acho que dá para fazer um espalhaffatto legal em cima dessa notícia. De acorco com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) os motéis (Foto: divulgação) ajudaram a aquecer a economia em 2010, O serviço foi o que registrou maior alta no ano passado, quando os preços tiveram reajuste de 13,86%, segundo o Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA). Em 2009 esse índice ficou em 12,04%. Interessante  Em outras palavras casais usaram muito mais os motéis ano passado. Deram uma aquecida na relação e, de quebra, na economia também. Calma, gente. O "fenômeno" tem explicação!!!! 

De acordo com o vice-diretor de motéis do Sindicato de Bares, Hotéis e Restaurantes (Sindhrio), Antônio de Oliveira Cerqueira, que também é sócio de vários motéis da cidade, dentre eles o Sinless e o Shalimar, o aumento dos preços é na verdade uma correção da tarifa do serviço, já que não sofria reajuste médio a cinco anos. Cequeira ressalta que apesar da alta registrada pelo IPCA, a procura pelos motéis segue crescente, sobretudo no Rio de Janeiro.

- A conquista de grandes eventos esportivos e o grande número de eventos culturais na cidade garantiu a ocupação das suítes mesmo com esse necessário reajuste no valor das suítes. Durante o show do Roberto Carlos e na noite da virada, por exemplo, registramos 100% de ocupação nos motéis Sinless e Shalimar, que ficam na Avenida Niemeyer -
Se em 2010, com o aumento, o serviço continuou em crescimento, a expectativa para esse ano de 2011, sobretudo para a temporada de verão, é enorme. Antônio Cerqueira afirma que cada vez mais o público que ocupa as suítes se amplia. Segundo ele, muitos turistas preferem se hospedar em motéis do que em hotéis convencionais, sobretudo na zona sul, onde a diferença entre as tarifas é exorbitante. Um quarto simples, com garagem coletiva, banheiro privativo e até hidromassagem em um dos motéis de que ele é sócio na Avenida Niemeyer fica em R$150,00 a diária. Preço muito abaixo do praticado pelas grandes redes hotelerias que dominam a Zona Sul e a Barra da Tijuca durante o verão, período de alta temporada. Além de trazer vantagens econômicas para os turistas, os motéis são verdadeiros achados por trabalhadores que estão na cidade por temporada. Muitos preferem o custo benefício de uma suíte de motel bem equipada e na zona sul da cidade, a um quarto de hotel na região mais central.

O final de semana que pedi a Deus!!!!!!!!!!!

Rio Maravilha!!!!

O primeiro fim de semana de 2011 foi tudo o que se pede a Deus. Céu azul, praia ma-ra-vi-lho-sa - trabalho sim, porque pagar as contas é preciso - mas como dá para fazer tudo a partir do PC, tudo bem. O mar da Praia do Recreio - dá para ver daqui, azul lindo. Por isso posto essa imagem da orla do Recreio. Um final de domingo tranquilo para todos. E que o trânsito na volta da praia não estresse ninguém. Paz e Luz!!!!!!!!!!  

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

SAUDADES DOS ANOS 80

O  melhor ano da minha vida!!!!!

Por acaso... mas por acaso mesmo... dei de cara com um vídeo de um especial da TV Globo com a Rita Lee (até hoje vou  toooddooossss os shows dela!!!!!!!!)
Não deu outra !!!! Bateu saudades dos anos 80. Vou ver  se encontro algo legal para postar para vocês sobre o assunto. Me cobrem.

Agenda Cultural para o Fim de Semana

A boa do Espalhaffatto!!!!

Quinta-feira terminando, sexta chegando e você sem ter o que fazer???!!!! Sai dessa!!!! A boa do Espalhaffatto para o fim de semana é baile funk comandado pelo DJ Tralha (foto: divulgação) no Clube dos Médicos, no Itanhangá.
O DJ Tralha comanda a festa amanhã no Clube dos Médicos, no Itanhagá, Zona Oeste do Rio. Com mais de 20 anos de carreira, o DJ das celebridades faz questão de surpreender o público com versões de funk que não tocam mais nas rádios, porém sempre são lembradas. Nos intervalos, o clima de Carnaval toma conta com a bateria da Renascer de Jacarepaguá.
Amanhã prometo dar mais dicas para o fds animado da turma do Espalhaffatto, não percam!!!!

Serviço



Endereço: Estrada do Itanhangá, 555 – Itanhangá - RIO DE JANEIRO - RJ
Preço: Mulher VIP até 00 h c/ flyer
Mulher R$5,00 depois de 00 h
Homem R$10,00 a noite toda
Info: (21) 7711-9210 (21) 3071-2129
Censura: 18 anos

2011 promete!!!!!!!!!!

Entre um espalhaffatto e outro 2011 vai chegando!!!!!!

Vou preferir só falar sobre determinados assuntos quando eles acontecerem. Mas, de uma forma ou de outra, meu sexto sentido diz que 2011 vai pé quente!!!! 

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Começou mal!!!!!

Palocci poderia ter ficado quieto

O Ministro Chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, começou mal sua gestão. A não ser que a sua intenção seja, propositalmente, gerar polêmica, ele está arrumando confusão com quem está quieto. Qual a necessidade de tirar o Arquivo Nacional da alçada da Presidência da República? A medida gerou insasitfação e vem aí um monte de manifestação - contra, diga-se de passagem!!!!
A Associação dos Arquivistas do Estado do Rio de Janeiro já se manifestou. "Ciente do retrocesso que tal medida acarretará e da urgência em buscar mobilização para ainda tentar reverter essa situação, Victor Costa, Vice-Presidente da AAERJ, enviou carta para órgãos de imprensa e jornalistas (jornais: O Globo, O Dia, JB On Line, Estado de São Paulo, Folha de São Paulo; revistas: Época, Veja, Caros Amigos, Istoé; jornalistas: Sidney Rezende, Ricardo Boechat, Tutty Vasques, entre outros)". 
Isso significa que a categoria colocou "a boca no trombone". O SINARQUIVO lançou abaixo-assinado direcionado ao Ministro Chefe da Casa Civil Antonio Palocci, solicitando a permanência do Arquivo Nacional na Presidência da República. A ação teve uma ótima repercussão, obtendo mais de 600 assinaturas em menos de 12 horas! A AAERJ apoia essa iniciativa e conclama todos os arquivistas a participarem. Depois me contem o tamanho desse espalhaffatto.  
    

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Na Câmara do Rio .....

Poucas mudanças....

Na Câmara do Rio poucas mudanças em 2011.  Foi eleita por unanimidade a nova Mesa Diretora da Casa para o biênio 2011/2012. Só uma chapa concorria e as únicas mudanças foram nos cargos de 1º vice-presidente, assumiu Leonel Brizola Neto (PDT), 1º suplente Luiz Carlos Ramos (PSDC) e 2º suplente Paulo Messina (PV). Os demais membros já faziam parte da Mesa Diretora: Presidente Jorge Felippe (PMDB), 2º vice-presidente Carlo Caiado (DEM), 1º secretario Dr. Jairinho (PSC) e 2º secretario Patrícia Amorim (PSDB).
A Mesa Diretora é composta por cinco membros e mais dois suplentes e tem como função dirigir os trabalhos legislativos e administrativos da Casa.
De acordo com o Regulamento Interno da Casa, os parlamentares integrantes da Mesa Diretora não podem fazer parte de Comissões Permanentes e de Comissões Parlamentares de Inquéritos (CPIs).

Guerra pela disputa da Presidência da Alerj

PMDB versus PMDB

Será, no mínimo, interessante a disputa pela presidência da Alerj. De um lado Domingos Brazão (PMDB) (Lembro dele iniciando no PTdoB ao lado de Vinícios Cordeiro - Na época eu fazia a assessoria de imprensa de CV). Na outra ponta Paulo Melo, do mesmo paritido. Se não acontecer um grande acordo (o que não é improvável - um na presidência, outro na vice - Olha o Temer em Brasília). Brazão vai lutar com unhas e dentes pela ponta.
A assessoria de imprensa me mandou material. Achei interessante a fala dele (publicada no Globo, segundo a Ascom). Sinceramente não parei para conferir. Passei o dia todo cuidando de interesses da empresa da familia. Nem tive tempo de ver jornal nos últimos dois dias. Mas como prometi dar o material nos meus blogs lá vai a parte que achei interessante: as falas de Brazão:
"A Alerj precisa hoje de alguém que possa ser um interlocutor de todos os setores da Casa. Inclusive daqueles que têm uma atuação menos destacada", afirmou, em entrevista.
"Eleito presidente, em ato contínuo, vou acabar com a reeleição para o mesmo cargo na Mesa Diretora. Vou criar oportunidades para que todos os deputados possam exercer esses cargos um dia".
Como diria meu amigo Fernandho Moreno "quem viver verá".
Uma perguntinha, antes que esqueça: aprendi, desde o meu tempo de militância estudantil e partidária, que os presidentes das Casas Legislativas eram, na maioria das vezes, indicados pelo número de votos obtidos nas urnas. Nesse caso, o jornalista Wagner Montes levaria a vaga sem susto. Como, hoje em dia, é tudo baseado nos acordos, vamos ver no que vai dar. Aguardo novidades sobre o assunto.

De volta!!!!

Retorno

Quem está de volta ao batente no Monitor Mercantil depois de merecidas férias é o amigo de longa data J.C.Cardoso. Bom retorno. Material para o site do MM não há de te faltar - se depender de mim.   

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Espalhaffatto na Cidade

Rio Maravilha!!!!!!

Sabem quando o Rio de Janeiro fica mais bonito? Quando o povo deixa a cidade para passar as férias longe daqui. Mesmo com os turistas na cidade o Rio está maravilhosamente vazio. O Centro da cidade.... então, nem se fala!!!! Repartições públicas com atendimento vip, bancos vazios, restaurantes vazios. Uma delícia. Recomendo aos cariocas.... Rio de Janeiro em Gotas durante as férias. Os pontos turísticos continuam os mesmos: Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Praia de Copacabana... Mas a cidade está calma. E esse é o melhor diferencial!!!! Só o tempo é que não ajuda muito. Mas esse é um assunto para o Blog Impacto Ambiental...   

Novo Blog no Ar

Essa é para Blogueiros, Orkuteiros e para os ligados nas redes sociais

Além do Blog Espalhaffatto - Notícia a qualquer hora (que continua em plena atividade e cada vez melhor e, em breve, vai virar site - espalhaffattos.blogspot.com), tenho outro Blog .
É o Impacto ambiental. (impactusambiental.blogspot.com). Dêem uma passada lá e não deixem de me municiar de informação. Em breve mais um Blog - este versa sobre acessibilidade e legislação - será colocado no ar. Não deixem de me acompanhar!!!!



Bjks


Sandra Regina Balbino
(21) 7449-9388



domingo, 2 de janeiro de 2011

Mais alguns blogs para vocês

Espalhaffatto, Ecologia, Arquitetura e Acessibilidade

Boa tarde a todos!!!! 2011 chegou é hora de colocar as metas em prática! Espalhaffatto consolidado, o alvo agora é transformá-lo em site. Mas não fica só nisso. Já tenho um blog sobre ecologia e sustentabilidade pronto e, se me deixarem queita, o colocarei no ar ainda hoje.
Além disso já estou providenciando outro blog - esse será sobre acessibilidade, e pretendo ainda colocar ar o Blog da Rio Arquittaffo - mas para esse dependo de autorização superior.
Os demais projetos serão divulgados ao devido tempo. Me aguardem  e continuem acessando o Espalhaffatto!!!!!! Ele continuará sendo religiosamente atualizado!!!

sábado, 1 de janeiro de 2011

Espalhaffatto Ecológico

A capivara na lama

Já tem algum muito tempo me escondo no Recreio. Mas, até por conta das minhas atribulações, pouco circulo pela praia - uma tal preguiça me impede. Desde ontem entrei oficialmente no circuito da caminhada. Alertada pelas minhas sobrinhas soube da existência de capivaras e jacarés num dos inúmeros mangues que cortam a região.
Hoje, na volta da caminhada, vi a cena de perto, ao vivo e a cores. Não posto a imagem aqui porque não estava com a máquina. Mas fica a promessa.
A bicha - imensa - veio nadando, nadando, e do alfo da ponte por onde passa carros bicicletas e pessoas, dava para ver  o animal. O problema é que o odor que exalava era horrível!!!!!!!!!!!
Senhores ecologistas, salvem as capivaras daquela fedentia!!!!!!!!!  A foto que posto aqui hoje, claro, não é da referida capivara. É só para  terem uma idéia do que vi.  

Espalhaffatto na Política Paulista

Fica para a próxima!!!!!

Recebi, há alguns dias, convite, que muito me honrou, mas tive que rejeitar. Para a posse da Secretária da Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo, Dra. Linamara Rizzo Battistella. O evento aconteceu hoje, depois que o governador do Estado,  Geraldo Alckmin, também foi empossado no cargo.
Conforme havia prometido, posto  aiuqa informação. Infelizme etenão pude ir. Fica para outra ocasião. Entretanto, não posso deixar de fazer dois comentários.
O primeiro diz respeito à Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo. Depois  que entrei de cabeça no mundo da deficiência - e  o fiz com pompa - deficiente auditiva e visual - percebi - até porque sempre recebo ótimo material da secretaria, que a turma lá faz trabalho sério. Tanto assim que o governador a manteve no cargo. 
Sobre o governador Geraldo Alckmin: Bobagem esconder uqe sou tucana filiada e colada com o meu queridissimo Otávio Leite - que para a felicidade geral dos deficientes do Rio de Janeiro tomou posse hoje também na Camara Federal. Em outras palavras sou Otávio Leite até debaixo da terra. Meu contato com "o cara de Pinda" foi na eleição anterior a essa, quando estavam na disputa Geraldo Alckmin e Lula. No último debate (na TV Globo) cobria Política olep Jornal POVO e fui uma das que fez perguntas ao então candidato. Claro que massacrei o cara, afinal a derrota dele eram favas contadas. Fiz isso com o coração arrebentado, mas profissionalmente consciente do meu papel (jornalista não é ser bonzinho, pelo contrário).
Para quem não acredita na cena tenho a prova (foto da queridissima Inês Laborim.

Espalhaffatto na Política Tupiniquim

Sem comentários prematuros

Decidi quebrar o meu próprio protocolo e não tecer comentários prematuros sobre quem toma assento no Planalto Central e nos demais Estados da Federação. Melhor opinar com mais substância. Fazer comentários em cima do que ainda não seebaee é leviano (embora sejamos um pouco levianos, quase sempre.... vida que segue!).